Black Friday está aí. E agora?

O cenário é mais ou menos assim: reta final do ano. Uma data importada dos Estados Unidos, criada para lidar com os estoques que sobreviveram ao feriado de Ação de Graças e que abrem as vendas para as festividades: Natal e Ano Novo. “Opa, oportunidade detectada para comprar o que eu preciso e o que eu não preciso pela metade do preço.” Some a este cenário conturbado a realidade que nos assola neste 2020: pandemia. Alta no desemprego, aumento nos preços dos produtos nos meses anteriores e temos uma paisagem quase apocalíptica para essa que é a última sexta do mês.

black-friday-consumo-consciente

Duas mãos seguram sacolas onde se lê: black friday

Calma! Antes de nos acusar de alarmistas e fechar essa janela, fica por aqui mais um pouquinho que a gente te explica porque convém pensar duas vezes antes de abrir a carteira e soltar as piadas que todos os anos recheiam as redes sociais nesta data, como “fui comprar uma agenda na black friday e voltei com uma papelaria inteira pra casa”.

Saiba como consumir com mais consciência sem complicações no dia a dia

Frase Emma Watson

Na imagem lê-se os dizeres: “Sendo mais cautelosas com o que consumimos já temos poder para mudar o mundo”, Emma Watson

Antes de qualquer coisa, que tal avaliar como você está se sentindo na hora da compra? 35% das pessoas que compraram na Black Friday do último ano, afirmam terem se arrependido do que adquiriram. Isso acontece quando deixamos de lado o objetivo racional para consumir algo que estamos necessitando e damos voz apenas ao que estamos sentindo: euforia – com o valor do suposto desconto; medo – de não encontrar esse tal-produto-magicamente-essencial; alegria ou tristeza – e a sensação de merecimento decorrente de uma ou outra alternativa.

Já parou para pensar que quando compramos um produto, além da sua produção, estamos falando também dos impactos ambientais gerados no seu transporte, da matéria-prima para embalagem e ainda do descarte decorrente de compras, muitas vezes sem funções práticas, que vão para o lixo em um período de tempo muito curto?

Se você chegou até aqui, talvez o desejo já tenha ficado menor ou até mesmo aquele produto milagroso perdeu um pouquinho da graça. Se caso ainda seja muito difícil para você, fique tranquila! O processo é longo e por isso mesmo caminhamos juntas 🙂 No nosso Instagram você confere muitas outras dicas de como começar a levar uma vida mais consciente a partir de pequenos passos! Vamos juntas.

Deixe um comentário